Como Melhorar a Relação Médico-Paciente?

Como Melhorar a Relação Médico-Paciente?

A relação médico-paciente é um dos pontos mais importantes para um tratamento bem-sucedido. Isso porque, apesar dos avanços tecnológicos, o contato humano e a atenção do profissional ainda são pontos que têm um papel de destaque para a recuperação do paciente.

Dessa forma, o profissional que se dedica a melhorar este aspecto terá mais sucesso no atendimento de sua clínica. Veja como criar relações de confiança com seus pacientes com as dicas do Secretárias Online!

Dicas para criar uma relação médico-paciente de confiança!

O médico, apesar de atuar em uma área técnica, é um profissional que lida constantemente com o ser humano — e não estamos falando somente sobre as doenças e os tratamentos, mas também das preocupações, tristezas e motivações de cada paciente.

Por isso, para que a pessoa atendida confie no que o profissional recomenda, é preciso também que ela tenha uma ligação de confiança com ele.

Veja agora as dicas para cultivar uma relação médico-paciente sólida e bem estruturada:

1. Humanize seu atendimento

Não trate quem chega no seu consultório com impessoalidade. Busque conhecer aquela pessoa e se coloque no lugar dela.

Provavelmente, ela já chegará cheia de receios. Portanto, não custa nada tratá-la com atenção e paciência, não é mesmo?

Ninguém gosta de ser atendido com pressa de uma forma engessada. Por isso, a dica é fazer perguntas sobre a vida pessoal do paciente, seu estado emocional e seu dia a dia no trabalho, por exemplo.

Isso vai ajudar a criar uma sólida relação médico-paciente e irá até gerar insights para seus diagnósticos. Não se esqueça de realizar anotações no prontuário médico para que nas próximas consultas você possa se lembrar do caso específico deste paciente!

2. Não atrase as consultas

Colocar-se no lugar do paciente implica, também, em imaginar como é ficar na sala de espera por horas, sendo que a consulta foi agendada para um horário específico. Por isso, respeite o tempo de seus clientes e organize sua rotina de forma assertiva para que possa fazer todos os atendimentos no tempo adequado.

Atualmente, há diversas maneiras de melhorar a administração do seu consultório com soluções tecnológicas, como uma agenda virtual ou uma secretária online, o que possibilita que sua recepcionista tenha mais tempo para ajudar também no atendimento presencial.

3. Ouça o seu paciente primeiro

Para fazer um diagnóstico certeiro é preciso escutar as queixas do paciente, saber porque ele está te procurando, quando as dores começaram, etc. Por isso, ouvir é mais importante do que falar e também demonstra que você está prestando atenção.

4. Tenha clareza na comunicação

Muitos médicos não sabem comunicar de forma clara ao paciente sobre o problema dele. É essencial fazer uma breve explicação sobre termos técnicos e ser objetivo com relação às informações sobre diagnóstico, tratamento, remédios e patologias.

Assim, não haverá nenhum erro de entendimento e você assegura que o paciente irá cumprir suas recomendações.

Agora que você já sabe como construir uma relação médico-paciente de sucesso, confira mais conteúdos em nosso blog para otimizar os processos em seu consultório ou clínica!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *